28 de janeiro de 2010

Wally, não o deixe desistir da vida (Adotado!).

Gente... o olhar de tristeza de um animal é algo que me toca profundamente e machuca muito... porque eles não podem falar pra dizer o que sentem e dependem totalmente da boa vontade de um ser humano... o que nem sempre acontece, pois a grande maioria das pessoas, agitadas com seus afazeres e ocupados em cultivar a erva daninha do egoísmo nem enxergam esses olhares, passam por cima e seguem suas vidas sem perceber que ali naquele cantinho um ser daria tudo pra receber um pouco de carinho e ser seu amigo...

E a situação ainda pode ser pior... quando esses seres encontram pelo caminho pessoas más que não se satisfazem em desprezar, querem judiar, mutilar, ferir, causar dor... aí é ainda pior.

Wally encontrou em seu caminho um ser que traiu sua confiança, o feriu e hoje, além das cicatrizes, ele carrega uma tristeza tão grande e uma falta de confiança no ser humano que o faz sofrer e até desistir da vida... e pra sair dessa depressão somente uma grande amizade pra cultivar o amor e a alegria que estão adormecidas dentro desse cãozinho.

Quem será o ser iluminado que devolverá o brilho e a alegria à esse olhar?

Conheça mais a história desse cachorrinho, deixe-se tocar e, entre em contato com a Silvia para adotar.

bj

Jana

" Preciso da ajuda de voces para encontrr um lar para este menino. Dêmos a ele o nome de Wally.

Eu o resgatei após uma denúncia de que ele estava debaixo de chuva forte, encostado à um muro sem se mexer há mais de 12 horas... no bairro Campestre.

Ele estava em choque, não se mexia e quando alguém se aproxima ele se urina todo e trava o corpo de medo.

Apesar do medo, ele é extremamente meigo e não deve ter nem 1 ano..., mas não quer andar, só fica parado... se encosta na parede e fica...

Segundo o veterinário, é stress pós traumático devido a maus tratos!

Ele foi chutado na cabeça muito forte e etá com muito medo das pessoas.

Olha a gente nos olhos... e tem um olhar profundo de tristeza...

Os exames básicos apresentaram estar saudável, apesar das surras, mas ele precisa de alguém que queira dar à ele muito amor... possivelmente o que ele nunca teve na vida... ele precisa recuperar a confiança nas pessoas... se eu o enviar para um abrigo, ele vai morrer... mantê-lo na clínica pra sempre, além de desumano é muito caro... não poderei deixá-lo lá.

Entrego o Wally vacinado, castrado, vermifugado, com caminha, coleira... etc... vai lindão.

Me ajuda?

Silvia"

Telefone: (11) 8327 9727

3 comentários:

Anônimo disse...

Coitado do bichinho... Tomara que consiga uma boa família rapidamente...

Como tenho 2 gatos e moro em ap, não daria pra ficar com ele... u_u

Veri Gravina disse...

Ai, Janinha, nao paro de chorar olhando a carinha do Wally. Que olhar de tristeza, meu Deus. Vou rezar para ele hoje a noite com todo o meu coracao para ele. Que sensacao de impotencia me da numa hora dessas... essa carinha de dor. Ai, bendita sao as pessoas que nao deixam desamparados os animais judiados. Fala obrigada para a sua amiga Silvia por mim. To com um nozao na garganta, amiga. Sempre com fe. ps. tudo que vai, volta. Planta chuva, colhes tempestade. Nao quero nem dizer o que uma pessoa dessas vai gerar na vida dele mesmo...

Mariana disse...

Jana, tenho certeza que qdo ele encontrar uma família com amor e carinho vai melhorar... O caso do Sunny não era tão grave, mas assim q ele se acostumou com a gente, com a casa, se animou!
Tomara q ele não tenha q esperar muito...
Bjos